Tipos de argilas: Qual é o mais indicado para você?

Atualmente existem diversos tipos de argilas indicados para cada tipo de pele e com benefícios distintos, como diminuir a oleosidade, clarear e prevenir manchas, amenizar linhas de expressão, entre outros. A argila é um ingrediente natural conhecido há milhares de anos, sendo utilizada desde a época do Egito Antigo no processo de mumificação e na Grécia para auxiliar em dores reumáticas.

Incluídos nas rotinas de skincare de grande parte das pessoas nos dias atuais, os tipos de argilas são utilizados principalmente em máscaras faciais visto que são fáceis de manipular e é possível obter resultados visíveis logo no primeiro uso. Claro que a utilização de forma constante irá trazer benefícios duradouros para sua pele. Para entender tais benefícios continue lendo esse post.

Tipos de argilas: o que são?

Como falamos, argilas são ingredientes totalmente naturais extraídos de rochas vulcânicas. Elas possuem origem mineral derivadas do solo e enriquecidas por alumínio, sílica e água. Devido à sua origem, os tipos de argilas possuem diversas propriedades que podem ser utilizadas tanto na estética quanto em cuidados terapêuticos.

Benefícios dos tipos de argilas

Conhecida como argiloterapia o tratamento com os diversos tipos de argilas oferece muitos benefícios para a saúde de nossa pele, visto que suas partículas propiciam uma esfoliação que não machuca, mas sim ativa a circulação sanguínea diminuindo inclusive dores articulares. Ou seja, por mais que seu uso seja tópico, suas propriedades podem auxiliar internamente também.

Tipos de argila

Veja outros benefícios:

Ação anti-inflamatória, antibactericida e regeneradora: absorve as impurezas, limpando profundamente com efeito detox.

Cicatriza e refresca: Graças a essas propriedades, a argila pode auxiliar na cicatrização de lesões dermatológicas;

Regeneração celular: graças à esfoliação que os tipos de argilas promovem a pele é estimulada e aumenta a produção de novas células;

Efeito calmante e antisséptico: auxilia na diminuição de cravos e espinhas, assim como a oleosidade;

Tonifica e firma: a argila também auxilia no rejuvenescimento da pele, já que pode aumentar o número de fibras de colágeno. Além disso, previne as linhas de expressão.

Tipos de argilas

Agora que você entendeu os benefícios, veja quais tipos de argilas são os mais indicados para sua pele.

Argila verde

Argila verde

É uma das argilas mais comuns e conhecidas, sendo rica em silício e alumínio. Ela possui ação esfoliante, adstringente, antibactericida e cicatrizante que auxiliam no combate contra cravos e espinhas, além da oleosidade. Ela também estimula a circulação e desintoxica a pele diminuindo o inchaço. Por fim, a argila verde é analgésica e tonificante, sendo ideal para pessoas com pele oleosa e acneica. O ideal é utilizar uma vez a cada duas semanas intercalando com a argila branca.

Argila branca

Argila branca

Essa argila é considerada um coringa, visto que possui o pH muito próximo ao da pele e pode ser utilizada em todos os tipos, inclusive as sensíveis. Ela diminui a oleosidade sem ressecar, hidrata, ameniza manchas, uniformiza o tom de pele, fecha os poros e possui ação antioxidante. Por mais que seja muito suave, o ideal é aplica-la uma vez por semana.

Argila vermelha

Vermelha

Ideal para peles secas, maduras e sensíveis, pois não resseca ou irrita, possuindo ação antioxidante, estimulando a produção de colágeno e melhorando a elasticidade e hidratação da pele. Isso acontece graças aos seus componentes, como magnésio, óxido de ferro e cobre. Recomenda-se utilizá-la quinzenalmente intercalando com a argila branca.

Argila amarela

Amarela

Indicada para peles mais maduras, pois aumenta a produção de colágeno melhorando a elasticidade da pele e consequentemente diminuindo rugas, retardando assim o envelhecimento. É ideal para ser utilizada uma vez na semana.

Argila Preta

argila preta

Também conhecida como lama vulcânica ela possui inúmeras propriedades que auxiliam na melhora da saúde e aparência da pele. Possui ação anti-inflamatória, antisséptica e adstringente, além de auxiliar no rejuvenescimento. É indicado utilizá-la quinzenalmente intercalando com a argila branca.

Argila roxa

argila roxa

Assim como a argila vermelha, a roxa também é indicada para peles maduras, secas e envelhecidas precocemente. Possui efeito rejuvenescedor, já que atua na síntese do colágeno firmando e tonificando a pele. Aplique na pele a cada 15 dias.

Argila cinza

argila cinza

Indicada para peles oleosas e manchadas, a argila cinza possui alta concentração de titânio, sendo um ótimo esfoliante para tratar cravos e espinhas. Além disso, é um antioxidante natural e pode auxiliar na redução de medidas. Utilize a cada 15 dias na pele.

Argila rosa

argila rosa

É a mistura entre os tipos de argilas vermelha e branca, sendo a mais indicada para peles sensíveis, delicadas e que se irritam facilmente. Possui ação calmante, cicatrizante, hidratante e pode ser utilizada no corpo, já que remove células mortas. Ideal para uso quinzenal.

Tipos de argilas: Como hidratar?

Primeiro é importante saber que recipientes e espátulas de metal nunca devem ser utilizados, visto que podem alterar as propriedades da argila. Dê preferência para vidro ou cerâmica.

Como sua forma natural é em pó, é preciso acrescentar um pouco de água mineral para hidratá-la. Para isso, adicione em um recipiente uma colher (de sopa) de argila e aos poucos acrescente água para formar uma pasta. Você também pode utilizar soro fisiológico.

Passo a passo para aplicar a argila no rosto

Limpeza: Lave o rosto com o sabonete indicado para seu tipo de pele removendo as impurezas e resíduos;

Aplicação: Aplique a mistura com a ajuda de um pincel ou com os próprios dedos, evitando lábios e olhos;

Ação: Deixe agir pelo tempo indicado na embalagem ou até começar a secar;

Enxágue: Remova a máscara com água fria ou morna;

Finalização: SEMPRE utilize cremes hidratantes indicados para seu tipo de pele após o uso da máscara.

argila no rosto

Tipos de argilas no cabelo

Todos os tipos de argila podem ser utilizados no cabelo, principalmente no couro cabeludo. Os benefícios para o cabelo são os mesmos da pele, então irá depender da necessidade de seus fios. Além disso, assim como na pele, o uso da argila no cabelo não deve ser superior a uma vez na semana.

Deve-se tomar cuidado durante a aplicação, pois não é recomendado esfregar ou até mesmo massagear a argila nos fios. Com esse movimento de fricção ela irá danificar as cutículas, deixando-as abertas e consequentemente ressecando o cabelo.

Para utilizar os tipos de argila no cabelo aplique de cima para baixo e assim como na pele, não deixe secar. Assim que perceber que está secando já pode enxaguar. Em seguida lave o cabelo normalmente, com shampoo, máscara hidratante e condicionador.

Dicas extras

  • Após a limpeza do rosto e antes de aplicar a máscara, você pode fazer a vaporização para abrir os poros. Basta encher uma bacia com água quente e aproximar o rosto envolto por uma toalha;
  • Nunca lave o rosto com água quente;
  • Utilize sempre água mineral ou soro fisiológico para preparar a máscara;
  • Se você possui a pele muito sensível, pode utilizar argilas de acordo com a necessidade de seu rosto. Por exemplo, a argila verde na zona T e argila branca ou vermelha em áreas que precisam de mais hidratação, como bochechas;
  • Você pode realizar uma leve esfoliação no momento em que for retirar a argila, com movimentos circulares e ascendentes;
  • Nunca armazene a argila, seu uso precisa ser imediato.

Bom, agora que você já sabe quais os tipos de argilas ideais para cada tipo de pele, é só colocar a mão na massa! Lembre-se de manter a constância dos tratamentos para que assim você obtenha resultados ainda melhores em menor tempo. Se quiser saber um pouco melhor sobre os tipos de argilas, já falamos aqui especificamente das argilas verde e branca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *