Como tirar espinhas com receitas preventivas

Aprender como tirar espinhas de forma segura pode ser a salvação para quem sofre com essas inflamações incômodas. Por mais que sejam mais associadas à adolescência, elas podem surgir durante toda a vida em forma de acne ou cicatrizes originárias desse problema.

Com a explosão das receitas caseiras, grande parte das pessoas se tornaram adeptas devido aos resultados obtidos. No entanto, é importante dizer que os profissionais da área são os únicos que podem indicar produtos para sua pele, já que são eles que vão conhece-la profundamente. Aprender como tirar espinhas em casa deve ser uma forma de tratamento preventivo, ou seja, é importante cuidar da pele sempre, não apenas de forma reativa. Por isso, continue lendo esse post para ter uma pele livre de espinhas e cravos.

Como tirar espinhas e o que são?

Para aprender como tirar espinhas primeiro é preciso entender o que são e como elas se formam. Então, você sabe qual a diferença entre acne e espinhas? É comum que exista essa dúvida, mas na verdade são termos que representam a mesma lesão, sendo que acne é o nome científico e espinha utilizada popularmente.

Acnes podem ser muito incômodas para grande parte das pessoas

Elas são causadas devido ao mal funcionamento das glândulas sebáceas, responsáveis por produzir a oleosidade natural da pele. A oleosidade natural é ótima, pois é uma proteção natural que hidrata e evita a perda de água para o ambiente. Contudo, quando desreguladas, essas glândulas produzem o sebo em excesso que acabam entupindo nossos poros. Isso faz com que se acumulem bactérias que se alimentam desse sebo acarretando no surgimento de espinhas.

Como tirar espinhas: tipos e graus de acne

Existem alguns tipos de acne e cada um se difere no grau das lesões causadas na pele. Entenda todos os tipos e descubra qual é o seu.

Acne comedônica (Grau 1): A presença de cravos e espinhas está principalmente na testa, nariz e bochecha, sendo o tipo mais comum e consequentemente possui tratamentos mais simples.

Pápulo-pustulosa (Grau 2): É caracterizada pela presença de cravos e espinhas vermelhas, inflamadas, com pus, além de serem mais dolorosas.

Nódulo-cística (Grau 3): São lesões mais profundas caracterizadas por nódulos inflamados e dolorosos, são as famosas espinhas internas.

Conglobata (Grau 4): As lesões estão muito próximas umas das outras, sendo muito comum formar cicatrizes.

Fulminans (Grau 5): É o tipo mais grave e raro de acne, no qual é necessário internação devido a sintomas como febre e fraqueza. Além disso, acaba sendo mais comum nos homens.

Principais causas

Veja também como surgem e quais são as principais causas da acne.

Acne neonatal: Ocorre em bebês recém-nascidos por conta de alterações hormonais durante a gestação. No entanto, ela desaparece com o tempo, sem necessidade de tratamento.

Alimentar: Existem alguns tipos de alimentos que podem contribuir para o aparecimento de acnes, com alto teor de gordura e glicose, como chocolate, frituras, amendoim etc.

Alguns alimentos podem contribuir para o surgimento da acne

Medicamentosa: Surge devido ao uso de alguns medicamentos, como complexo B, cortisona e anticoncepcional.

Cosmética: Pode aparecer quando se utiliza produtos não adequados para seu tipo de pele, como um sabonete para pele oleosa em pele seca e vice-versa. Além disso, utilizar maquiagem por muito tempo e dormir com ela também pode originar acnes.

Acne solar: Surge após exposição solar excessiva, sendo mais comum na testa e bochechas.

Além disso, questões hormonais e até mesmo o estresse podem causar acnes ou agravar os casos já existentes.

Como tirar espinhas

Não é recomendado espremer cravos e espinhas em casa, já que isso não irá fazer com que elas desapareçam para sempre, muito pelo contrário. Além do fato de nossa mão possuir diversos tipos de bactérias que podem causar ainda mais inflamações, espremer espinhas pode causar manchas para o resto da vida e piorar o estado da acne causando inchaço e dor. Por isso, para aprender como tirar espinhas o ideal é ter uma rotina de cuidados com a pele e assim prevenir seu surgimento.

Produtos certos

O principal para se ter em mente é utilizar os produtos adequados para seu tipo de pele, desde o sabonete, até o hidratante. Isso porque, se utilizar qualquer tipo de produto você não vai oferecer para a sua pele o que ela precisa o que acaba piorando ainda mais seu estado. Veja algumas opções de produtos para peles oleosas.

Limpeza adequada

Por mais que você tenha vontade de lavar o rosto diversas vezes ao dia, não o faça. O excesso de limpeza irá fazer com que sua pele produza ainda mais oleosidade. Lave o rosto no máximo duas vezes por dia, assim que acordar e antes de dormir. Além disso, remova a maquiagem por completo.

Tonificação

Utilizar tônico facial é fundamental para limpar a pele por completo

Tonifique sua pele com tônicos e adstringentes adequados. Eles são os responsáveis por eliminar impurezas que o sabonete não foi capaz de retirar sozinho. Além disso, ele auxilia na diminuição dos poros. Utilize o tônico todos os dias, já o adstringente utilize dia sim, dia não.

Hidratação

Sim, peles oleosas DEVEM ser hidratadas. Lembre-se de sempre utilizar hidratantes específicos para esse tipo de pele, como texturas em gel.

Proteção

Utilize todos os dias protetor solar, mesmo que vá ficar em casa ou que o tempo esteja nublado. Opte por aqueles que possuam toque seco.

Esfoliação

No máximo duas vezes por semana realize uma esfoliação. Isso irá remover células mortas e estimular a produção de novas, além de outros benefícios.

Máscara facial

Utilize uma vez por semana máscaras faciais para peles oleosas e acneicas, como por exemplo a argila verde.

Limpeza de pele

Aprenda a fazer uma limpeza de pele caseira que pode ser feita uma vez por semana. A cada 40 dias aproximadamente faça uma limpeza de pele profunda com o profissional da área.

Tenha uma dieta equilibrada

Como falamos, alguns alimentos podem aumentar o surgimento de espinhas, por isso o ideal é ter uma dieta balanceada. Não estamos falando para você nunca mais comer chocolate ou batata frita, mas a alimentação rica em gordura contribui para uma pele acneica.

Ter uma dieta equilibrada pode diminuir cravos e espinhas

O consumo de alimentos como peixe, semente de chia, girassol e frutas e legumes ricos em antioxidantes é super indicado para combater as inflamações. Por fim, mas não menos importante, a ingestão de água é um dos principais fatores que contribuem para uma pele saudável.

Como tirar espinhas em casa

Existem algumas receitas caseiras que podem auxiliar na prevenção de acnes e cravos. No entanto, é importante reafirmar que elas devem ser feitas com a autorização de seu dermatologista e de forma alguma esprema espinhas.

Espremer espinhas não é recomendado, visto que causa manchas para o resto da vida

Loção natural para aprender como tirar espinhas

Essa loção possui ingredientes com propriedades cicatrizantes, fungicidas e bactericidas que são ótimos para tratar a acne. Ela pode ser armazenada na geladeira por 1 semana.

Ingredientes

  • 5 cm de folha de babosa;
  • Gengibre (largura de um dedo);
  • 10 folhinhas de hortelã;
  • ½ colher (de sopa) de óleo de coco;
  • 200 ml de água.

Como fazer?

  1. Retire o gel da babosa e deixe de molho na água por 5 minutos. Isso irá fazer com que a aloína seja eliminada;
  2. Em um liquidificador acrescente todos os ingredientes e bata até se tornar uma mistura homogênea;
  3. Em seguida coe a mistura em um pote e armazene na geladeira;
  4. Faça um teste com a mistura. Aplique em uma pequena parte do corpo antes de passar em todo o rosto;
  5. Durante a noite lave o rosto com seu sabonete, passe a loção e em seguida seu tônico. Aplique um hidratante e durma. No dia seguinte lave o rosto normalmente e siga o passo a passo citado anteriormente (limpar, tonificar, hidratar e proteger).

Se você manter a constância com a rotina de cuidados com a pele, além de prevenir cravos e espinhas sua pele será acima de tudo saudável e isso é o mais importante. Além disso, sempre procure um dermatologista para orientações. Aproveite e veja também os benefícios da babosa para peles oleosas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *